O que não fazer ao aprender inglês em 5 dicas

26 de jan de 2016
Hoje o assunto do post é diferente do que eu costumo tratar aqui, porém, é algo que gosto muito de ver em outros blogs. Dicas relevantes são sempre bem-vindas, né? Em três anos estudando inglês percebi que isso fez bastante diferença no meu aprendizado.

Percebo que esses são alguns dos erros mais cometidos que acabam por prejudicar o aprendizado e desenvolvimento. Então, baseado nisso vim trazer algumas dicas.

Não foque na pronúncia
Quando comecei a estudar inglês já ficava sonhando com o dia em que teria um sotaque americano lindo e maravilhoso – desde então passaram-se alguns anos e cá estou eu, com um sotaque brasileiro super carregado. Basicamente, não foque em algo que leva tempo: a pronúncia perfeita depende de inúmeros fatores – alguns deles são: prática, tempo, intercâmbio – e não adianta querer alcançar esse resultado em 1, ou 3 anos, é algo que vai além, a curto prazo. Foque apenas em fazer as pessoas entenderem o que você quer dizer e já está ótimo.

Não tente traduzir para português
Isso é um erro que creio que 99,99999% das pessoas que começam a estudar a língua, tem a tendência de cometer. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa totalmente diferente – as regras gramaticais são diferentes, construção de frases são diferentes, vocabulário diferente – em alguns meros casos até funciona, mas na grande maioria das vezes só vai atrasar seu raciocínio então, prefira pensar em inglês, não traduza, não faça comparação.

Não se compare a ninguém
‘poxa, fulana estuda inglês há exatamente o mesmo tempo que eu e tá sabendo mais, tá falando melhor, desanimei’ – tudo errado amor, você não é os outros, como diria sua mãe. Talvez a ‘fulana’ vive viajando pra fora, fez intercâmbio, tem parentes gringos ou namorado/amigo gringo – tudo isso favorece, então, foque em você – dê seu melhor, estude, fale fale e fale, enfim, ao seu tempo você vai aprender.

Não tenha medo
Se joga! Fale em inglês com seus amigos que sabem, ao menos um pouco, assista filmes, vídeos, séries com áudio só em inglês e não se preocupe em entender cada palavra, foque apenas no contexto. – depois, se quiser, assista legendado e veja se você se saiu bem, mas não desista. Não se preocupe em errar ao escrever, o que vão pensar da sua pronúncia ou coisas do tipo.

Não desista
Se você tem dificuldade em alguma matéria – tipo eu com tempos verbais – não desista por causa disso, nem se assuste com nada. Se há tantas pessoas ao redor do mundo que aprenderam inglês, por que você não pode? Você é tão capaz quanto todas essas pessoas. Consiga e mostre pra você mesmo que é capaz de se superar.

Me contem... já fizeram ou fazem inglês? o que ajudou? quer acrescentar alguma dica? Fala tudo aí nos comentários, ok? kiss, my friends.

Comente com o Facebook:

38 comentários:

  1. eu acho ótimo, tenho vergonha de falar que com quase 20 anos não sei nada de inglês. srsrrs ótimas dicas. beijos


    AdSense

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magina, nunca é tarde pra embarcar nessa. O que vale é a disposição e determinação. Obrigada ♥ bjss

      Excluir
  2. Falou tudo!!!
    Quanto mais se busca a perfeição na pronúncia, pior é. Até porque, imagina aí no Brasil, se alguém for imitar um sotaque de uma região, chega na outra e pronto... tudo errado! hahahah
    O importante é se comunicar

    =*
    Mani Piñeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu percebi isso logo no começo e parei com a noia, sabe. Pois é! cada um tem seu sotaque, seu jeitinho, até na gringa é assim, né? isso aí! bj

      Excluir
  3. Tentar traduzir pro português é o maior dos erros, na minha opinião! Acaba confundindo e errando tudo, nunca dá certo hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! Isso atrasa e complica o raciocínio.

      Excluir
  4. Adorei as dicas, Bia!! vou por em pratica agora que estou tentando aprender ingles sozinha e quando eu for fazer um curso tambem ><
    bjos

    http://www.dividindouniverso.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Ananda, obrigada <3 isso ae! Eu aprendi MUITA coisa por conta própria. É legal entrar num curso já tendo alguma noção, ajuda muito! bjs

      Excluir
  5. Curti demais as dicas Bia! Concordo que um dos maiores erros é tentar traduzir. Eu já estudei inglês e como vc, to aqui com meu sotaque brasileiro hehehe

    Um beijo,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, steph! <3 Vamos na luta. Sinto que melhorei bastante. É questão de tempo e prática, então, um dia a gente chega lá haha bj

      Excluir
  6. Oi Bianca,
    Adorei a sua dica, eu procuro assistir séries no original e tb ouvir músicas que ajudam e muito. A gente tem que ter o raciocínio em inglês.
    Tá rolando uma pesquisa de público no blog, sua opinião é muito importante.
    Big Beijos
    LULU ON THE SKY

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! é... eu indico ouvir mais música britânicas, e que sejam mais no estilo Elton John, Adele...não sai da gramática, sabe, porque existe a licença poética pra complicar haha já caí em pegadinhas assim. Bj

      Excluir
  7. Adorei as dicas e são realmente muito reais. Beijos linda <3
    www.adornosfemininos.com

    ResponderExcluir
  8. Acho que a principal parte é vencer o medo, depois as coisas ficam mais fáceis. Eu estou estudando inglês sozinha, mas sempre bate aquela sensação de "será que dá mesmo pra aprender sozinha?". Mas vou levando os estudos. Não sou fluente, mas já consigo entender bastante coisa tanto lendo um texto quando ouvindo um audio, então pra mim tá ótimo. Melhor ouvir e ler mais ou menos do que nada né, até porque não ia fazer um curso mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Mari. Se seguirmos com medo não avançamos. Olha, eu conheço uma menina que é fluente e aprendeu sozinha - tudo bem que o QI dela é alto, mas é possível! - O importante é conseguirmos nos comunicar, entender, conviver com a língua, né? Mas não dá pra negar, acho o curso importante, principalmente pelo suporte.

      Excluir
    2. Oi Bianca! Não gosto muito de falar em QI, pessoas inteligentes e tal. Acho que todo mundo tem capacidade de aprender, seja com esforço próprio ou com alguém ensinando, sabe? Mas fico feliz de saber que conhece alguém que aprendeu sozinha, me incentiva muito a continuar!

      Bom, tô passando aqui pra te avisar que coloquei seu post no meu Link Party de fevereiro (são posts que gostei), se você quiser dar uma olhadinha, o link é esse: Link Party - 31 de Março Tem outros posts lá também, te convido a lê-los! Bjs

      Excluir
  9. Ótimas dicas Bia, outra coisa legal também é que se tiver alguma outra pessoa na casa que também fala inglês, dá para conversar só no idioma, eu aprendi assim, quando era criança! Vou bem mais fácil e até hoje eu penso em inglês (não o tempo todo), também ajuda. Gostei da sua dica de Não tente traduzir para português, estou tentando fazer isso, atualmente estudo alemão e é bem complicado hahahaha.

    Beijos

    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, até com os amigos, né? É tão bacana, divertido ♥ Sim, total! Ual! você consegue, bj

      Excluir
  10. Uma das primeiras coisas que eu aprendi ao entrar no inglês foi: não traduza para o português, sério. Isso caga tudo, e é tão bom quando você tá no caminho de casa e percebe que tá pensando em inglês hahaah

    irianneveloso.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso! na escola já deveriam ensinar as crianças né hahahaha Aliás, elas aprendem mais rápido acho que é justamente por causa disso. Não é mesmo? ♥ bj

      Excluir
  11. Que maravilha, quero voltar ao curso de ingles e seguir suas diquinhas.
    Beijos, Jardim de primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laurinha, vou torcer pra que tu volte logo, viu! É muito bacana e super importante, né verdade? ♥ obrigada, super bj!

      Excluir
  12. Eu coloquei como meta de 2016 ficar fluente em inglês, então essas dicas me foram ótimas :) Adorei!
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! vai na fé! que ótimo, yupi! hahahaa como fico feliz em ler isso! muito obrigada, igualmente ♥

      Excluir
  13. Cara amei as dicas, e sou seguir mesmo agora que quero começar a aprender inglês, muito obg!

    Seguindo sua página ;-)

    Abração!

    Isabella | http://isabellalessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. WEEE! Isso aí! Magina! eu que agradeço pela visita, comentário e carinho. Vou visitar teu blog viu, bj! ♥

      Excluir
  14. É bem por aí, eu gosto muito da lingua, e é engraçado porque eu me forcei a aprender a ouvir inglês porque eu queria estudar coreano, e os professores davam aulas de coreano em inglês, entao não teve muito jeito tive que correr atrás para aprender a ouvir, falar foi o outro passo! Mas consigo ver vídeos em inglês e ler posts de blogs em inglês por causa da minha insistência. Não que eu fale uuuuu lá maravilhosamente bem, mas consigo me virar um pouco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAL! Tiro meu chapéu pra ti! E não é bom ver isso? nos mostra que tá tendo resultado, não tem porque parar, até porque quando paramos regredimos, tendo em vista que sem prática esquecemos e desaprendemos. Arrasou, Ana! ♥

      Excluir
  15. Hey! Amei o post! Estou me aprofundando no estudo do inglês e já pensei em desistir várias vezes por pura preguiça, mas não posso deixar a peteca cair né? kk
    Acho que o mais importante pra mim é não me comparar, vou colar na testa pra ve se aprendo kk.
    Adorei seu blog!! <3
    beijos e sucesso!!
    http://cheiade-alegria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ebaaa! fico feliz em ler isso! Isso mesmo, não desista. Como todo e qualquer aprendizado, temos nossas dificuldades mas somos capazes de vencer. HAHAHAHA Pois então, se você parar de se comparar vai ver que se sentirá mais animada! Muito obrigada, igualmente ♥

      Excluir
  16. Quando eu comecei a estudar inglês minha vontade era de falar como um americano, feito você haha mas vemos que não é bem assim. No início eu traduzia MUITO, hoje eu não traduzo mais, e o segredo é não ter medo de falar, muita gente tem medo, confesso que ainda tenho um pouco, mas tenho melhorado bastante. ótimas dicas, lindona. ótimas mesmo!

    Um cheiro!
    www.vinteetantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu? Achava que porque existia gente que fez intercâmbio e aprendeu a falar SUPER bem iria ser a mesma coisa comigo, esquecendo que a convivência diária com a língua conta super! É, bem legal isso, perder o medo é a dica chave memo. Precisamos ser confiantes e pacientes, né? cada um no seu ritmo. Muito obrigada, viu! Super bj.

      Excluir
  17. estou tentando aprender inglês em casa enquanto o curso não começa: assisto filmes em inglês, escuto música, escrevo... Suas dicas também são incríveis *-*
    beijos :*
    http://memorialices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí! tem que praticar de todas as maneiras viáveis e possíveis ♥ parabéns! muito obrigada, amor. Super bj

      Excluir
  18. Excelentes dicas , eu aprendi a falar inglês a ler livros e a ver series sem legendas , ajudou me imenso !
    beijinhos <3
    abelezados20.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, que arraso! Que máximo, muito obrigada ♥ bjssss

      Excluir
  19. Suas dicas são muito valiosas!

    Eu estou morando nos EUA faz 5 meses, e tenho muito a melhorar!
    Mas a gente sempre QUER melhorar o que a gente NÃO precisa no momento, ao invés de focar no que REALMENTE precisamos!

    Eu percebi que meu sotaque vai ser melhorado com o tempo, enquanto o meu ouvido vai sendo apurado! Não preciso me desesperar agora! O que eu mais preciso é focar na gramática e vocabulário!

    Esta questão de comparação é bem besta, e a gente faz muito!
    A gente sempre pensa que o outro fala melhor!

    Eu, por exemplo, não tenho vergonha nenhuma de falar com outros americanos em inglês, mas travo se falar em frente a um brasileiro! Já viu disso?!

    Acho que a gente tem um medo bobo de ser julgado... que não é pra ter!
    A insegurança só atrapalha!

    Sobre assistir séries, eu assisto com audio E LEGENDA em inglês!
    Isso tem me ajudado bastante a aumentar o meu vocabulário, e com um tempo eu já nem olho pra legenda mais!

    Lógico que eu tenho um professor particular pra me explicar sempre que eu não entendo alguma palavra ou expressão local, e isso ajuda MUITO!
    Mas sem ele eu ainda consigo entender pelo contexto!

    Meu próximo passo é me arriscar na leitura!

    ResponderExcluir



Design e Desenvolvimento por